Espalha Fatos com Sergio Lessa

Espalha Fatos com Sergio Lessa

Zóio de lula

Nos últimos tempos, grupos políticos e pessoas interessadas em prejudicar alguém, estão com o hábito de vasculhar as redes sociais, principalmente de jornalistas e veículos de comunicação, para buscar no passado algo que possa ser desenterrado e usado contra seus desafetos. Assim que algum assunto interessante é detectado, um comentário ou emoji qualquer é publicado, fazendo com que a referida postagem volte automaticamente no topo da linha do tempo do dono do perfil ou página. Como os posts geralmente são polêmicos, diversas pessoas passam a comentar em seguida, como se o conteúdo tivesse sido publicado naquela data, ou seja, ninguém se atém ao dia da publicação e descem a lenha na vítima. Volta e meia vemos muito bate boca entre os internautas que nem imaginam que o tema ali tratado ocorreu há anos atrás. O jeito é ficar atento pra não virar massa de manobra.

Linha cruzada

Comerciantes e moradores de Guarulhos estão recebendo em suas linhas telefônicas fixas ligações de um robô que já vai logo perguntando em quem o cidadão pretende votar em 2020 para prefeito. Na fala, a máquina pede para a pessoa que atende o telefone digitar o número 1 se sua intenção de voto for no petista Alencar, 2 em Wilson Paiva (Novo), 3 em Fran Correa (DEM), 4 Guti (PSB), 5 Márcio Nakashima (PDT), 6 Rodrigo Tavares (PRTB) e 7 se não sabe ou nenhum deles. Isso quer dizer que mesmo faltando ainda mais de 18 meses para as eleições municipais, os bastidores da política já estão a todo vapor. Que número você digitaria se recebesse essa ligação?

De volta para o futuro

O ex-presidente da Câmara e ex-deputado federal, Fausto Miguel Martello, está avaliando a proposta de sair candidato a vereador pelo PROS de Guarulhos. Mesmo que decida não se candidatar, sua ajuda efetiva à sigla já é dada como certa. O Partido Republicano da Ordem Social, que já cumpriu a cláusula de barreira, está se reestruturando visando ter candidato próprio a prefeito em 2020. Estão de olho no fato de que os candidatos a vereador para assumir terão que ter no mínimo 10% do total do quociente eleitoral estimado para a próxima eleição em 18.000 votos.

No jogo

Neste cenário, o ex-deputado estadual Gileno, 1º suplente do PROS em São Paulo, deve continuar no partido e seu nome já está sendo cotado para ser candidato a prefeito em 2020, ou até mesmo vice de algum nome forte. Existem outros interessados nesta vaga, mas tudo será definido somente depois de muitas discussões internas. A sigla se apresenta ainda como opção para administrar e/ou auxiliar na administração da cidade de Guarulhos a partir de 2021.

Deixe seu Comentário