Praças na região central demonstram abandono

Praças na região central demonstram abandono

Lucy Tamborino

Caminhar ou então aproveitar a sombra de uma árvore para sentar em um dos bancos das praças na região central poderia ser um momento de lazer para qualquer guarulhense, o problema é que os locais apresentam problemas de conservação, limpeza e, em muitos casos, viraram abrigo para moradores de rua.

A Praça Prefeito Paschoal Thomeu poderia ser um ponto turístico, graças ao trem que há e os brinquedos no local, porém ambos são quase invisíveis para quem passa pela região. Evidente é a ferrugem e o desgaste. Uma das balanças ainda está quebrada e a locomotiva toda pichada. Ao lado do trem, não há turistas, mas colchões, pessoas deitadas no chão, roupas e panos que compõe um acampamento improvisado de moradores de rua.

Ao lado, na Praça IV Centenário, o cenário é bem parecido. Lixo por todo local, uma lixeira quebrada, o chão cheio de folhagem e troncos, além de mato alto. O acampamento, dessa vez, se reduz a papelões de pessoas que dormem no local.

Como se não pudesse ficar pior, o cheiro de urina na Praça Getúlio Vargas é insuportável. A fonte que deveria enfeitar o ambiente, só traz ainda mais problemas por falta de conservação. A água está verde e crianças ainda usam o local para brincar no calor. Por todos os lados há casas improvisadas de moradores de rua.

As secretarias de Meio Ambiente e Serviços Públicos informaram que devem sanar as questões da poda e limpeza dos jardins e lixeiras. Já a Proguaru destacou que irá executará vistorias, para, posteriormente, programar a manutenção dos locais.  Ainda a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social afirmou que a equipe de abordagem social será acionada e encaminhada aos locais para prestar assistência à população ali presente.

Imagem: Lucy Tamborino

Deixe seu Comentário