Metas são modernizar sistema de abastecimento e aumentar coleta

Metas são modernizar sistema de abastecimento e aumentar coleta

Da Redação

Após assumir a gestão do Saae em Guarulhos, a Sabesp também terá como objetivo modernizar o sistema de abastecimento de água no município. Uma das medidas a serem adotadas será a inclusão da rede municipal aos demais sistemas produtores de água. Dessa forma,a cidade passará a integrar o Sistema Integrado Metropolitano (SIM) da empresa de capital misto.

A companhia estadual entende que a distribuição será mais eficaz e ágil, além de garantir maior segurança hídrica. Além do fornecimento de água, a empresa também tem como responsabilidade ampliar o tratamento e coleta de esgoto, que atualmente é de apenas 7%. Para atingir tal resultado, a empresa pretende ampliar as tubulações de abastecimento de água e construir novos reservatórios.

Parte do esgoto dos moradores terá como destino as estações da Sabesp localizadas nos bairros de São Miguel Paulista, extremo leste da cidade de São Paulo, e Parque Novo Mundo, na zona norte, por conta da proximidade com o município. A empresa prevê com essa medida a redução de rejeitos e dejetos nos rios Baquirivu-Guaçu e Cabuçu.

Adutoras devem ser construídas para zerar o rodízio no município

Para zerar o rodízio em toda a cidade de Guarulhos até o final de 2019, a Sabesp deverá construir novas adutoras entre São Paulo e Itaquaquecetuba até Guarulhos, para levar mais água às regiões de Cumbica, Pimentas e Bonsucesso.

Outras regiões deverão ser beneficiadas com reforço no abastecimento ao sistema Gopoúva e ao Cabuçu, com novas ligações a partir de São Paulo. Haverá também a construção de reservatórios em pontos estratégicos da cidade.

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Guarulhos compra da companhia estadual 87% da água que é distribuída na cidade. Outros 13% são garantidos pelo próprio município. A partir do próximo ano, a Sabesp terá a missão de abastecer de forma plena 100% do município.

Benefícios da Sabesp na cidade de Guarulhos

– Fim do rodízio em todo o município;

– Guarulhos terá investimentos de R$ 1,7 bilhão no abastecimento de água;

– A cidade também terá investimentos de R$ 1,3 bilhão em coleta e tratamento de esgoto;

– Suspensão da dívida de cerca de R$ 3,2 bilhões do município com a Sabesp;

– Modernização dos serviços de abastecimento de água e tratamento de esgotos na cidade.

Imagem: Divulgação/Sabesp

Deixe seu Comentário